negociação-invest-bravo-libelle-marketing-digital.

Negociação e economia em crise

Vivemos atualmente um momento inconstante, cercado por desequilíbrio. O país passa por uma grande queda na economia, que vem afetando milhares de empresas.

Diante desse contexto, é urgente e necessário adaptar o seu negócio para que ele sobreviva à crise econômica.

Um dos maiores desafios das empresas no cenário atual é conseguir manter o pagamento de seus parceiros comerciais em dia.

Se sua empresa também está passando por dificuldades para manter as finanças saudáveis, saiba que, em vez que romper contratos, uma boa saída pode ser a negociação.

A negociação é vital para que bons acordos sejam feitos e para que as empresas sobrevivam a crises financeiras.

É preciso garantir que os recursos financeiros disponíveis na empresa sejam utilizados de maneira eficiente.

Assim, investindo tempo e treinamento na negociação, a empresa pode conseguir melhores condições de pagamento, descontos e estabelecer uma relação de confiança com fornecedores.

Para obter êxito ao fazer uma negociação, o primeiro passo é conhecer todos os pontos que estão envolvidos. É preciso estar por dentro das reais necessidades do negócio.

Faça um levantamento das prioridades da sua empresa. Saiba o que é imprescindível para o negócio continuar funcionando e o que você pode abrir mão nesse momento.

A ideia de fidelizar o fornecedor e de ter comprometimento quanto aos pagamentos é também uma arma no momento de negociar.

É preciso valorizar a relação comercial com o fornecedor e ter calma e serenidade no processo de uma possível negociação.

Um bom relacionamento com os parceiros é fundamental para qualquer negócio. E, em tempos de crise, isso é ainda mais necessário.

A capacidade de ser flexível também pode auxiliar uma boa negociação, já que demonstra que a empresa pode ceder e está disposta a fazer concessões para que o acordo seja vantajoso para ambos.

Saber negociar é importante não só para obter melhores condições com os fornecedores, mas também para vender o seu produto ou serviço.

Assim, para garantir que compromissos sejam honrados, para que haja segurança nos negócios celebrados (antes, durante e depois de situações excepcionais), a negociação deve a todo tempo, ser buscada.

As partes envolvidas devem perseguir o cumprimento daquilo que foi livremente acertado, ainda que a negociação se imponha para alterar o modo ou o tempo do adimplemento.

Em suma, em situações extremas a negociação reequilibra os compromissos e mantém viva a empresa e é isso que deve ser perseguido.

Redes sociais:

INSTAGRAM: Invest Bravo

LINKEDIN: Invest Bravo 

Veja também outros conteúdos em nosso blog

 

LinkedIn
Facebook
Email